(sim, a fotografia é mesmo nossa. não copiar por favor.)
Tenho de te agradecer pelo mundo. Em tão pouco tempo tornaste-te tanto. Foste, pouco a pouco, marcando o teu lugar no meu coração. Vieste de mansinho, em pezinhos de lã e, calmamente, foste montando o teu espaço. Sei que, por vezes, o meu coração se negou a acolher-te e a deixar-te permanecer bem juntinho a mim mas, o meu coração só tinha medo. Medo de tudo o que tinha acontecido, do que estava a acontecer e do que viria. Hoje, aquele órgão que tanto te negou um espaço para habitar deseja que te mudes definitivamente, com malas e mobílias. Ele quer redimir-se e desculpar-se pelo sofrimento que te causou. Não, não me perguntes quando é que o meu coração começou a querer a presença do teu pois não te saberei responder. Talvez ele te esperasse desde sempre para que se pudesse dedicar inteiramente a alguém. Contigo tudo é tão bom! Sei que não tenho que inventar palavras, nem de construir frases porque, contigo, até o silêncio é confortável e acolhedor. Gosto do teu cheiro. Cheiras a amor, a paz, a carinho e a felicidade. Gosto de dormir sabendo que a tua presença será marcada nos meus sonhos. Gosto da sensação de paz que cada abraço teu me proporciona. Gosto da sensação de leveza que sinto de cada vez que sorris para mim. Gosto de quando cuidas de mim e me afagas o cabelo. Gosto de ti, e sabes porque? Gosto de ti apenas porque sim. Apenas porque me preencheste o coração quando menos esperavas, apenas porque acreditaste em mim quando já nem eu acreditava. Gosto de ti por tudo e por nada e, sabes pequenino? É tão bom gostar de ti.

"Cause we are gonna be
Forever, you and me"

7 comentários:

obrigada pela opinião (: