(26 outubro)
pequena e doce D.,
é, hoje quase que matei o Miguel de frustração. coitado, sempre a aturar as minhas crises de menininha pequena. mais umas quantas crises de choro infindáveis, incapazes de terminar. e foi nele que descarreguei todas as magoas, foi no ombro dele que ficaram os olhares não trocados, as palavras não ditas. enfim, a ignorância. e foi ele, que esteve cá para mim. de corpo, alma e coração. não foste tu. e tu; tu estás a magoar-me, mais do que imaginas.
da tua (quase) sempre amiga
Sofia

9 comentários:

  1. sim querida , mas vais ver que volta !
    onde é o tumor ? :/ assim é muito complicado .
    vais ver que tudo ficará bem ! e não tens mesmo de agradecer , é de coração <3

    ResponderEliminar
  2. a sério , muita mas muita força e algo que tens de ter ainda mais que força é fé , porque tudo se vai compor ♥

    ResponderEliminar
  3. é assim mesmo que tens de pensar querida , ao pensares coisas boas já estás a atrair energia positiva ♥

    ResponderEliminar

obrigada pela opinião (: