(31 outubro)
pequena e doce D.,
nos últimos tempos tens perdido muito da minha vida, mas nem por um segundo deixei de ta contar, assim, secretamente, nas folhas brancas e soltas do meu caderno de rascunhos do coração. sabes, hoje recebi um telefonema. era o miguel a dizer que estava com frio e, ao longe, bem longe, soavam notas provenientes de uma guitarra. e eu ri-me. ri-me e questionei-lhe sobre a sua intenção. ele pediu-me carinhosamente para sair de casa, e eu não acreditei, achei que, como tantas outras vezes, ele se tinha dedicado a gozar com a minha cara. mas fiz o que pediu, talvez por confiar nele cegamente. e eu adorava que tivesses visto a minha cara de espanto quando encarei com ele, à entrada da porta do prédio, juntamente com o joão . ele em pé, na sua pose de anjo imaculado, com olhar receoso mas profundo e carinhoso. e o joão a fazer soar notas vibrantes da guitarra antiga, sentado na vedação do jardim. e o meu coração batia a mil, as mãos começaram a tremer e, de seguida, o corpo todo. ele abriu a suavemente a boca e sua linda voz de mel fez-se ouvir, acompanhada pela guitarra. pus-lhe a mão no coração, e ele batia a uma velocidade que nunca tinha sentido nele. batimentos tão fortes e ritmados, rápidos e ferozes. foi a melhor prenda de aniversário de todos os tempos. agora é a minha vez de fazer a surpresa do dia e, sem ele estar à espera vou com a ana ver o treino deles e, depois vamos juntos para o meu jantar de aniversário. faz figas por mim. e, sabes, hoje fui a rapariga mais feliz do mundo, novamente! e queres saber a melhor? o miguel e o joão têm medo do meu pai, muito comum, não achas?
da tua sempre amiga
Sofia

18 comentários:

  1. sim, está mesmo lindo, muito sincero

    ResponderEliminar
  2. mostra-lhe, se é mesmo para ele ler. :)

    ResponderEliminar
  3. pronto, isso :)
    seja para quem for, mostra porque está mesmo muito bonito, acredita

    ResponderEliminar
  4. acredita no que te digo, se a vossa amizade é mesmo forte, vai ultrapassar todas as barreiras que se atravessarem pelo caminho, se não a queres perder... luta.

    ResponderEliminar
  5. exacto. olha tem muita força e sempre que precisares podes vir ter comigo :)

    ResponderEliminar
  6. obrigada querida :)
    não me vou esquecer

    ResponderEliminar
  7. também gosto muito do teu, simples e bonito :)

    ResponderEliminar

obrigada pela opinião (: